Símbolos do Natal

EMEFEM Luiz Joaquim dos Santos
Componente Curricular: Língua Portuguesa
Professora: Luciene Castor Dantas Quintão
Turma: 7.º A
Semana 30 – Aula 53 – Dia: 07 / 12 / 2020
Tema: Símbolos do Natal e seus significados 
Conhecimentos Gramaticais: Elaboração de Cartão Natalino; Ambiguidade


O B S E R V A Ç Õ E S:
NÃO precisa copiar o texto no caderno, mas C O P I E os Exercícios para a correção no seu caderno a fim de verificar seus acertos e erros. 
- Não será preciso enviar foto do exercício respondido, pois você deverá respondê-lo no formulário que se encontra nesta postagem. Porém, caso não consiga preencher o formulário e enviar, tire foto do exercício e envie no meu privado.
- Após responder ao questionário, clique em ENVIAR

TEXTO NORTEADOR

O VERDADEIRO NATAL 


Símbolos do Natal

Há muito tempo atrás em uma cidade chamada Belém, nasceu um neném. Era filho do carpinteiro José e de Maria: uma mulher de fé. Deram-lhe o nome de Jesus. Até hoje brilha em todo mundo sua luz. Ao morrer em uma cruz, mostrou todo seu amor tornando-se um Salvador. Mas a morte não o derrotou. Ao terceiro dia, ele ressuscitou e vive para sempre entre nós, em nossos corações.

SÍMBOLOS DO NATAL E SEUS SIGNIFICADOS


1 – Coroa do Advento ou Guirlanda



Símbolos do Natal

É de ramos de pinheiro ou cipreste. Sendo verde é sinal de esperança e vida. Enfeitada com fita vermelha, simboliza o amor de Deus e a manifestação do nosso amor, na espera do nascimento de Jesus. Na coroa há 4 velas, uma para cada domingo do advento. Começa-se no 1.º domingo, acendendo uma vela e, à cada domingo, vamos acendendo as outras velas. As velas simbolizam a fé e a alegria por Deus.

2 – Presépio


Símbolos do Natal

Introduzido por São Francisco de Assis no século XIII, consiste na representação em pintura ou escultura das pessoas, do local e do ambiente em que Jesus nasceu. O Presépio nos lembra o nascimento do Menino-Deus. Ajuda-nos a refletir sobre o fato e nos anima a sermos gratos a Jesus que não hesitou em descer do céu e alojar-se numa simples manjedoura. Na comunhão está todo o sentido do Natal.

3 – Árvore de Natal


Símbolos do Natal

Simboliza o reino de Deus: ”Eu sou a árvore, e vós sois os ramos”. Quando iluminada, a árvore lembra que Cristo é a luz do mundo. O pinheiro nos leva a pensar que sua resistência aos rigores do frio europeu é o símbolo da vida da graça. O verde fala da esperança da vida eterna.

4 – Pão Celeste


Símbolos do Natal

É uma espécie de hóstia, feita de trigo, sem fermento, cuja cor e forma podem variar. É usado na hora da Ceia, na Vigília do Natal. O pai da família quebra e reparte a hóstia entre os presentes, que desejam paz e boas festas uns aos outros, compartilhando a sua parte com todos; enquanto cada um come a parte que recebe. Este rito relembra a festa bíblica da libertação. Exprime a unidade e solidariedade da família que se alimenta com o mesmo pão em meio a votos de felicidade.

5 – Ceia


Símbolos do Natal

É o símbolo do banquete eterno. É o momento em que a família se reúne. Mas a Ceia, a refeição do Natal, quer significar que a nossa verdadeira vida é Cristo, o Filho de Deus que estamos festejando. Na Ceia costuma se colocar no centro, uma vela acesa para simbolizar o Cristo que nos une em volta de si e que é a nossa luz.

6 – Sinos


Símbolos do Natal

Falam da alegria que devemos ter durante toda a nossa vida porque temos um Salvador que diariamente nos ajuda a chegar ao céu. Queremos que a mensagem do nascimento de Jesus, para a libertação dos homens, se espalhe forte e penetrante por todos os ares.

7 – Anjos


Símbolos do Natal

Mensageiros de Deus na história da salvação. São sinal de que “os Céus se abriram e Deus visitou o seu povo”. Simbolizam a comunicação de Deus.

8 – Estrelas


Símbolos do Natal

Os magos vindos do Oriente à procura de Jesus, foram guiados por uma estrela até Belém. A estrela de 4 pontas e uma cauda luminosa. As quatro pontas representam as 4 direções da terra: Norte, Sul, Leste, Oeste, de onde vêm os homens para adorar a grande luz que é o Filho de Deus. Todo cristão é uma estrela de fé, de amor, de esperança para o seu irmão...

9 – Velas


Símbolos do Natal

As velas simbolizam a presença de Cristo como luz do mundo. Ele próprio disse: “Eu sou a luz do mundo. Quem anda comigo não anda nas trevas”. Cada Natal deve renovar a nossa fé em Jesus e nosso empenho de viver n’Ele, na sua luz; e assim, ser também com Ele, e como Ele, a luz do mundo.

10 – Arranjos Secos


Símbolos do Natal

O que está seco é porque não tem vida. Portanto, sempre que estivermos longe de Jesus, estaremos secos, pois só Ele é a Vida e comunica vida. Jesus veio até nós para que tudo se desenvolva, para que tudo tenha vida.

11 – Bolas Coloridas


Símbolos do Natal

As bolas coloridas, que adornam o pinheirinho querem significar os frutos daquela árvore viva que é Jesus. Representam os dons maravilhosos que o nascimento de Jesus nos trouxe. São as boas ações daqueles que vivem em Jesus, como Jesus.

12 – Cartões de Natal


Símbolos do Natal

Os cartões de Natal devem ser enviados somente aos verdadeiros amigos, pois se originam da necessidade que o ser humano tem de comunicar-se e compartilhar sua vida com as pessoas que ama. Desejar um “FELIZ NATAL” de todo coração a uma pessoa que ofendemos durante o ano é a melhor reconciliação e vivência do Natal.

13 – Presentes de Natal


Símbolos do Natal

Figura o presente máximo, o dom de Deus, que é Seu Filho, e que nos foi dado como Irmão Primogênito.

CONHECIMENTOS GRAMATICAIS


Ambiguidade


A ambiguidade é um exemplo de vício de linguagem. Os vícios de linguagem são frases, orações, falas e palavras que estejam em discordância com as regras da língua portuguesa.

É aquilo que pode ter mais um sentido ou significado. Na ambiguidade, a frase tem mais de um sentido, o que pode levar a interpretações duvidosas. Também chamada de anfibologia, não deve ser usada em textos formais, posto que a clareza é comprometida.

Exemplo:

Eu quebrei um galho hoje.

Eu ajudei alguém hoje. (sentido 1)

Eu quebrei uma parte de uma árvore. (sentido 2)

 
EXERCÍCIOS SOBRE SÍMBOLOS DO NATAL E AMBIGUIDADE
Entrega até o dia 10 / 12 / 2020

Responda ao questionário e não esqueça de clicar em ENVIAR: