Consciência Negra

EMEFEM Luiz Joaquim dos Santos
Componente Curricular: Língua Portuguesa
Professora: Luciene Castor Dantas Quintão
Turma: 6.º C / 6.º E
Semana 28 – Aula 49 – Dia: 23 / 11 / 2020
Tema: Consciência Negra
Conhecimentos gramaticais: Leitura e Interpretação Textual; Morfologia: Pronomes (Pronomes Possessivos)

O B S E R V A Ç Õ E S:
NÃO precisa copiar o texto no caderno, mas C O P I E os Exercícios para a correção no seu caderno a fim de verificar seus acertos e erros.
- Não será preciso enviar foto do exercício respondido, pois você deverá respondê-lo no formulário que se encontra nesta postagem. Porém, caso não consiga preencher o formulário e enviar, tire foto do exercício e envie no meu privado.
- Após responder ao questionário, clique em ENVIAR.

TEXTO NORTEADOR 

CONSCIÊNCIA NEGRA


Em 2003 foi estabelecido um dia destinado à consciência negra. Esta data foi incluída em nosso calendário para levar as pessoas à conscientizar-se, por meio da reflexão, sobre a importância da cultura e do povo africano na formação de nossa cultura brasileira.

Os negros africanos tiveram grande participação em nossa história, em diversos aspectos: políticos, sociais, gastronômicos e religiosos. Foram contribuições importantes e que, até hoje, aparecem em nosso cotidiano, sem nos darmos conta. Sendo assim, para maior valorização da rica cultura afro-brasileira, o dia 20 de novembro foi escolhido como um dia oficial da consciência negra.

Neste dia, no ano de 1695, Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares morreu. Ele representou a luta do negro contra a escravidão, no período do Brasil Colonial e morreu em combate, defendendo seu povo e sua comunidade

Muitos escravos negros sofreram torturas e morreram até que a escravidão fosse oficialmente abolida, em 1.888. A manutenção de sua cultura africana em terras brasileiras e a luta pela liberdade sempre estiveram presentes entre os africanos e seus descendentes.

CONHECIMENTOS GRAMATICAIS

2 – Pronome Possessivo

Os pronomes possessivos são aqueles que transmitem a ideia de posse.

pronomes possessivos

Exemplos:

Aquele computador é meu.
Essas são minhas coisas.
Nosso avô ficou doente e precisou ir ao hospital.
Suas escolhas são sempre muito boas.

Ambiguidade na utilização de alguns pronomes possessivos


A utilização dos pronomes possessivos na 3.ª pessoa do singular ou do plural (seu, sua, seus, suas) pode originar dúvidas quando ao elemento possuidor. Para evitar ambiguidades, utilizam-se as formas contraídas dele, dela, deles, delas.

OBSERVAÇÃO: A ambiguidade, também chamada de anfibologia, é a duplicidade (duplo sentido) de sentidos numa mesma sentença ou frase. É quando temos palavras ou estruturas que podem ser interpretadas de duas formas diferentes, causando confusão no discurso.

Exemplo de ambiguidade de possuidor:

A professora proibiu que o aluno utilizasse seu dicionário.
(O dicionários é da professora ou do aluno?)

Exemplo de utilização das formas contraídas dele, dela, deles, delas:

A professora proibiu que o aluno utilizasse o dicionário dele.
A professora proibiu que o aluno utilizasse o dicionário dela.

EXERCÍCIOS SOBRE CONSCIÊNCIA NEGRA - PRONOMES POSSESSIVOS
Entrega até o dia 26 / 11 / 2020

Responda ao questionário e não esqueça de clicar em ENVIAR:
Bons estudos