Composição: justaposição e aglutinação

EMEFEM Luiz Joaquim dos Santos
Componente Curricular: Língua Portuguesa
Professora: Luciene
Turma: 7.º A
Semana 18 – Aula 32 – Dia: 14 / 09 / 2020
Tema: Trabalho no Campo e na Cidade
Conhecimentos gramaticais: Morfologia: Formação de Palavras: Composição (Justaposição e Aglutinação)


O B S E R V A Ç Õ E S: 
- Dia 03/09/2020 e dia 10/09/2020 corrigi exercícios (Aula 30 e 31). 
- Não houve aula no Dia: 07 / 09 / 2020.
- NÃO precisa copiar o assunto no caderno.
- C O P I E os exercícios no seu caderno.
- Não será preciso enviar foto do exercício respondido, pois você deverá respondê-lo no formulário que se encontra nesta postagem.
- Após responder ao questionário, clique em ENVIAR.


TRABALHO NO CAMPO E NA CIDADE


Zona urbana e zona rural são conceitos usados para a diferenciação de dois tipos de espaços geográficos. A zona urbana são as cidades e meios urbanos, e a zona rural é aquela que não faz parte dos meios urbanos e também é chamada de campo. 

Acerca das profissões rurais, pode-se compreender que estão relacionadas com a extração, além de trabalho familiar, isto é, voltado para cultivo do meio em que são produzidos. 

Os empregos mais comuns na zona rural são aqueles que envolvem atividades relacionas a agricultura, pecuária, silvicultura, extrativismo, turismo rural, conservação ambiental, etc. são exemplos de empregos: lavrador, fazendeiro, vaqueiro, criador etc. 

As profissões da zona urbana estão relacionadas com a presença de maquinaria, robotização, além de maior tecnologia no processo produtivo. Além disso, compreende uma região voltada para o setor terciário da economia, logo, há grande empregabilidade no setor de fornecimento de serviços. 

Os empregos mais comuns na zona urbana são muito mais diversos, pois as cidades oferecem mais empregos e infraestruturas do que o campo. Exemplos de empregos: comerciantes, professores, mecânicos, médicos etc. Contudo, isso não quer dizer tais profissões não existam na zona rural. 

COMPOSIÇÃO


Composição é o processo linguístico que permite a formação de novas palavras a partir de duas ou mais palavras simples ou radicais. As novas palavras formadas são palavras compostas, possuindo um significado próprio.

Existem dois tipos de composição: composição por justaposição e composição por aglutinação.

Justaposição


Na composição por justaposição ocorre a junção de duas ou mais palavras ou radicais, sem que haja alteração desses elementos formadores, ou seja, mantêm a mesma ortografia e acentuação que tinham antes da composição, havendo apenas alteração do significado.

Muitas palavras compostas por justaposição são ligadas através do hífen. Contudo, o hífen é apenas uma convenção ortográfica, uma vez que os compostos por justaposição podem ser escritos unidos ou sem o hífen.

Exemplos de palavras Compostas por Justaposição:

arco-íris;
beija-flor;
bem-me-quer;
couve-flor;
guarda-roupa;
segunda-feira;
fim de semana;
pé de moleque;
girassol;
malmequer;
paraquedas;
passatempo;
pontapé.

Aglutinação


Na composição por aglutinação ocorre a fusão de duas ou mais palavras ou radicais, havendo alteração de um desses elementos formadores. Assim, além da alteração no significado, os elementos formadores perdem sua identidade ortográfica e fonológica, havendo troca ou supressão de fonemas e apenas um acento tônico na nova palavra composta.

Exemplo de palavras Compostas por Aglutinação:

aguardente (água + ardente);
embora (em + boa + hora);
fidalgo (filho + de + algo);
pernalta (perna + alta);
planalto (plano + alto);
vinagre (vinho + acre).

EXERCÍCIOS SOBRE FORMAÇÃO DE PALAVRAS
Entrega até o dia 17 / 09 / 2020

Responda ao questionário e não esqueça de clicar em ENVIAR:


Substantivos e Adjetivos